domingo, 5 de setembro de 2021

Parlendas da minha infância

Sabe o que é Parlenda?

Se não, leia aqui:


As parlendas são versos ritmados e de fácil memorização, em sua maioria com temáticas infantis. Derivada do verbo “parlare”, que significa “conversar”, as parlendas proporcionam aos alunos momentos de interação e brincadeiras, aprimorando a sua fala através da récita dos seus versos. (Fonte Google)


 Meu Husband falou: Hoje é domingo!

E eu lembrei de uma parlenda que recitávamos cantando nas minhas brincadeiras na infância.

Muito feliz por relembrar:

"Hoje é domingo

Pé de cachimbo

Cachimbo é de ouro

Bate no touro

O touro é valente

Bate na gente

A gente é fraco

Cai no buraco

O buraco é fundo

Acabou o mundo."


Então, existe muitas e muitas parlendas (que só fui saber que tinha esse nome há poucos dias).

E você? Lembra alguma?

Qual a sua preferida?

Deixe aqui nos comentários.

Obrigada pela visita, volte sempre.

😘

 



4 comentários:

  1. Adorava as parlendas e esse em especial! Um dois, feijão com arroz e por aí vai... beijos, linda semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, Jô!
    Adoro palavras e ideias. Adoro parlendas. Essas combinações de palavras me encantam, desde meus tempos de criança. Eu adorava recitar. O ritmo e métrica sempre me encantaram. Até hoje.
    Ensinei muitas para meus netos, a gente se divertia muito, principalmente quando viajávamos de carro (para distrair).
    Obrigada pela partilha.
    Lembro de muitas, muitas mesmo. Vou deixar duas aqui: "Dedo mindinho, Seu vizinho, Pai de todos, Fura bolos, Mata piolhos". "meio-dia, panela no fogo, barriga vazia, macaco pelado, pulava e subia, fazendo careta, pra dona maria",
    Bjs
    Marli

    ResponderExcluir
  3. Bom fim de noite Jô, realmente nunca tinha visto a definição destas poesias cantadas. Adora esta do Domingo.
    Lembro de uma que cantava, nem sei se enquadra na definição, vamos lá:

    Batatinha quando nasce esparrama pelo chão, mamãezinha quando dorme, põe a mão no coração.
    Boa partilha amiga e que o feriado de vocês seja alegre sem o tumulto das ruas, que se espera, num momento improprio de uma pandemia, que cisma em ficar entre nós.
    bom lhe ver por aqui.
    Beijo amiga.

    ResponderExcluir
  4. Olá Jô
    Não sabia que estas poesias se chamam Parlendas.Gostei de aprender.
    Me recordo de uma:
    "O macaco foi à feira
    não teve o que comprar.
    Comprou uma cadeira
    pra comadre se sentar.
    A cadeira esborrachou
    coitada da comadre.
    Foi parar no corredor."

    Excelente dia.
    Um carinhoso abraço.
    Verena.

    ResponderExcluir

Oi, que bom que você veio deixar umas palavrinhas sobre esta postagem.
Adoro interagir. Muito obrigada. Volte sempre, tá?